13 de setembro de 2010 § 5 Comentários

books at the southbank, london

Algumas coisas que os livros digitais virtualizam ou aniquilam:

Os marca-livros.
Os sublinhados a as anotações de desconhecidos.
O empréstimo de livros entre amigos.
As estantes repletas de conhecimento.
Os autógrafos do(a) autor(a) à caneta.
As dedicatórias de quem nos presenteia com livros.
As páginas que amarelam, perfumadas de tempo.

Há a esperança, porém, de que haverá mais sebos. E o retorno das livrarias independentes. As bibliotecas, as que sobreviverem, serão ainda mais sagradas.

Is our relationship with books changing: do we consume words the way we used to?

Anúncios

§ 5 Respostas para

  • Horvallis disse:

    Oi Dani,
    Gosto muito do tema do novo blog, e embora eu não seja tradutora, da reflexão sobre a tradução e a literatura em geral.

    Não gosto de ler textos digitais. Os acho pouco conveniente.
    Num mundo de livros digitais, tudo o que você mencionou me faria falta.
    Além disso o virtual é frágil e tem vida breve. Já perdi muitas coisas por causa dos CD e discos rígidos, etc.
    O virtual nos acostuma ao efêmero…
    Beijos

  • Daniela Pires disse:

    “O virtual nos acostuma ao efêmero” é uma boa maneira de colocá-lo. Há também, para mim, a questão dos livros serem nossos “amigos” – se houvesse apenas livros digitais, seria então, mais ou menos, como não termos mais amigos de carne e osso. Nós ainda temos uma relação afetiva com os livros, o que me preocupa são as gerações posteriores. Como disse no outro post, o que irá acontecer a seguir. Não sou tecnofóbica, de jeito algum, mas a histeria pelos e-readers, a urgência que as editoras parecem ter em digitalizar, isso sim, me preocupa.
    Obrigada pela visita, um beijo

  • Isabel disse:

    Dani, tenho andado numa correria doida, só agora tive um tempinho para visitar o teu novo blog. Claro que adorei. Vou voltar com mais tempo para ler tudo com calma. Fiquei com vontade de ler Alice Munroe, acho o título do livro em inglês lindíssimo. Vou procurar por aqui.
    Bjs

  • Isabel disse:

    Que burra, escrevi mal o nome da autora 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento no O Pequeno Livro do Exílio.

Meta

%d blogueiros gostam disto: